28 de janeiro de 2015

discurso

Gerador de discurso de Emergência - Partido dos Trabalhadores! Secreto

Instruções

Gerador de discurso de Emergência - Partido dos Trabalhadores! Secreto. Basta informar um título impressionante (nos moldes do que está sugerido aí embaixo) e a quantidade de frases desejada. Em dois segundos V.Sª terá um bom texto - capaz de impressionar o auditório. Lembre-se sempre: Palavras pomposas e aparencia é tudo, conteúdo é nada.
Título da "Obra"
Quantas frases?
Voltar ao inicio do site

23 de dezembro de 2014

Revirando lixo






Parente do Presidente Costa e Silva declara que retirada do busto é o correto. Esquerda procura justificativas.








Isso é que é apelação! O site 247 encontrou um parente distante do falecido general Costa e Silva que declarou publicamente apoiar a retirada do busto do general da praça onde estava há anos.  Ao ter seu busto arrancado do local onde estava há anos não foi só Castro e Silva que foi vilipendiado, com a ação também é afrontada a memória de milhares de brasileiros que lutaram para que esse país permanecesse uma nação democrática. Um grande líder militar nunca alcança status de herói isolado, todos os militares sabem que são sustentados pelos pilares formados pelos subordinados e pares que caminharam juntos para vencer as batalhas travadas ao longo do tempo.   


O assunto já estava desaparecendo da mídia. Um promotor solicitou a recolocação do busto no seu local de origem e só isso. Mas a vergonhosa capacidade apelativa do 247 resolveu ressuscitar o fato e, muito provavelmente com a ajuda da militância esquerdoloide, revirou os arquivos dos partidos de esquerda buscando qualquer um que se aproximasse em parentesco com o presidente falecido. E acharam! Fizeram uma entrevista com o dito cujo, que é advogado.

19 de dezembro de 2014

Pimentel (PT), governador eleito de Minas. Pode ser cassado por abuso do poder econômico na campanha. A campanha de DILMA esteve estreitamente ligada a dele em MG. E agora, como fica isso, os votos recebidos por Dilma em MG permanecem incólumes?

Essa semana, por ocasião da diplomação da re-presidente Dilma Roussef, que segundo o TSE venceu as eleições honestamente, mas com ressalvas. Ou seja, foi mais ou menos honesta, se é que existe isso. Contudo, em uma eleição desse tipo, não pode-se esquecer que as candidaturas são estreitamente ligadas. Candidatos a  Sem contar as irregularidades na própria campanha, o TSE deveria levam em consideração na análise da campanha presidencial, as campanhas de todos os políticos coligados. Em Minas, por exemplo, onde o PT se gaba de ter vencido Aécio, o Ministério Publico já apurou que ocorreu falcatruas na campanha realizada pelo candidato do PT, que venceu.
Ora, o candidato a governador também não vinculou sua imagem a de Dilma Roussef, e também não fez campanha para ela. Pode-se ver em farto material eleitoral a fotografia de Dilma ao lado de Pimentel. Portanto, se houve fraude e o governador eleito, Fernando Pimentel, pode ser cassado, por que os votos para Dilma deveriam permanecer intocados?
Os “atos” políticos em que Dilma Roussef compareceu em prol da candidatura dos dois, foram custeados de que maneira?
Vejam aí um exemplo de que Pimentel fazia sua campanha ligada de forma bastante estreita à campanha de Dilma Roussef.

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), a ação foi realizada com o argumento de que “a campanha de Fernando Pimentel e Antônio Andrade foi ilicitamente impulsionada por inaceitável abuso de poder econômico”, evidenciado “pela superação do limite de gastos e por adoção de um método dúbio de realização de despesas”.