22 de junho de 2013

MILITARES em CAMPANHA NACIONAL ANTI-PT e Pró-Brasil.

POR CONTA DO EXCESSIVO NÚMERO DE ACESSOS EM http://sociedademilitar.com.br você foi direcionado para esta página, o conteúdo é o mesmo, porém em formato Blog.
ALISTE-SE NESSSA CAMPANHA, JA FOI PROVADO QUE AS REDES SOCIAIS TEM PODER, EM DOIS DIAS ESSE ARTIGO RECEBEU MAIS DE 20.000 LIKES NO FACEBOOK.
  Rumo a 2014. Precisamos impedir a destruição de valores fundamentais como família, honestidade e honra.

     Militares entrevistados pela Revista Sociedade Militar em Copacabana, na passeata pelo reajuste de salários, manifestaram enorme decepção com administração do Partido dos Trabalhadores, marcada por escândalos como Mensalão e Cachoeira. "Pensávamos que seria um governo de um homem do povo para o povo, mas tudo indica que se transformou no governo dos escândalos e favorecimentos ilícitos", disse um dos militares.
    "No Brasil a família esta ruindo, no Rio a criminalidade só está sendo transferida para a Baixada e Niterói e a política de pão e circo só aumenta a cada dia... nos próximos anos vai ser só festa, e a roubalheira continua". Diz outro militar, reformado.
     Os militares das Forças Armadas somam mais de 600.000 entre os que estão em atividade e os da reserva. Somados com seus dependentes e círculos de influência esse quantitativo pode passar de 5 milhões de pessoas. Um número que definitivamente pode mudar os rumos de qualquer eleição.
   Ainda que alguns pensem em criar um novo partido, para as próximas eleições a maioria parece ja estar se articulando para se candidatar dentro de legendas ja existentes, quase todos optam por partidos de direita. 
    Militares estaduais também estão muito insatisfeitos com o governo federal, que até hoje não facilitou para que as negociações sobre a PEC 300 prosseguissem. Na passeata em Copacabana verificou-se a presença de lideranças dos policiais e bombeiros do Rio de Janeiro, e isso acena para uma possível união de militares federais e estaduais.  Se isso se concretizar e chegar às urnas certamente será um problema a mais para os políticos vermelhos.
    Militares das Forças Armadas e auxiliares, comumente, são homens de conduta ilibada e bem relacionados, é freqüente assumirem cargos populares, como síndicos em seus edifícios, diáconos em igrejas católicas e evangélicas, pastores e líderes comunitários. Mencionamos ainda os milhares de militares reformados que atuam como professores em escolas particulares e cursos pré-concursos. Homens acostumados a liderar e aptos para discursar diante de pequenos e médios grupos, eles representam realmente um perigo em potencial para o partido da situação, principalmente se, unidos, resolverem usar sua influência para um objetivo comum.
    Pesquisas demonstram que as Forças Armadas são as instituições com maior credibilidade no Brasil, o que confirma que os militares brasileiros gozam de boa reputação junto à sociedade.
      Nos últimos meses há freqüente divergência entre militares das Forças Armadas e o governo. Manifesto Interclubes, abaixo-assinado dos oficias e marcha virtual, são exemplos de grandes questões surgidas redentemente, sem contar o reajuste de salários que não cobriu sequer a inflação.
     Essa queda de braço com os militares pode causar bastante prejuízo político, já a curtíssimo prazo. A conquista de mais de 300 mil adesões em um abaixo assinado no Senado mostra que os militares de hoje já aprenderam a se mobilizar politicamente, e podem utilizar eu status moral para conquistar a população, em sites e revistas militares abundam as solicitações para que as forças armadas assumam uma postura diante do mar de corrupção que assola o país. Veja abaixo alguns comentários recebidos em nossa fanpage no facebook (http://www.facebook.com/SocMilitar).



     Temos certeza que nas proximas eleições, junto com os Militares federais e estaduais, os cidadãos honestos e conscientes expressarão sua insatisfação com a falta de perspectivas e a corrupção generalizada que assola o Brasil. A esmagadora maioria não acredita que qualquer tipo de autoritarismo seja a solução para o Brasil, mas se parcela significativa da sociedade tem falado nisso, é um indício de que ha muitos cidadãos insatisfeitos com a forma que tem sido conduzido o nosso país, e pode haver uma guinada à direita por parte do eleitorado, portanto, uma grande oportunidade para oferecer a opção de mudança. O momento é bastante oportuno.
    Algumas pessoas parecem estar assustadas porque uma parcela da população resolveu se mobilizar legalmente contra o partido que quer se eternizar no poder, veja abaixo. Foram centenas de twitters e postagens desse tipo em blogs. Eles forçam a barra na interpretação e dizem que os militares pretendem dar dar um golpe!

-->




ARTIGOS MAIS ACESSADOS.

REVOLTA SEM RUMO Valmir Fonseca Azevedo Pereira

-----------------------------------------------
Alguns comentários interessantes, embaixo do artigo está a seção de comentários, e permite que vejamos a opinião e repercussão dos textos.  Só um resumo.

"voltem para acabar com esta baderna, que se encontra o nosso pais"
"vai chorar no colo da mamãe, petista safado"
"Que absurdo, respeite o ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIRETO!"
"Não vem com esse esse papo gente oportunista safada ai não. Não vem aproveitar a fraqueza do povo despolitizado com sede ...Sai fora Militares! Vcs são bom na segurança e em algumas outras coisas, no máximo no Poder Judiciário vcs podem ter seus "..
----------------------------------------------------------------------------------------------------
Golpe Militar iminente?
Golpe Militar iminente? Acreditamos que não, apenas um incômodo e impertinente Abaixo assinado pedindo a Volta dos Militares, que já incomoda os esquerdistas de plantão
Esse texto foi publicado no início de junho, parece que foi profético e tem sido mencoonado como tal, previu a mobilização nacional. Desde a manifestação dos cristãos em Brasília que a população não para, uma passeata fomentada pelo próprio governo toma proporções assstadoras e desafia sociólogos e antropólogos, inexperientes em manifestações organizadas "horizontalmente". Grupos de esquerda ainda controlam grande parte dos manifestantes, como ocorreu emNieterói e alguma pequenas cidades do interior, mas a população esclarecida cada vez mais rejeita os partidos, principalmente os de esquerda..
---
    Ha poucos dias uma manifestação pela liberdade de  expressão arregimentou um exército de mais de 70 mil pessoas em Brasília, as reivindicações não foram religiosas, o que o povo pedia era higidez e respeito à família, mas a imprensa fez pouco caso e o que deveria ser manchete em todos os jornais de grande circulação, passou praticamente despercebido. Isso nos leva a crer que a mídia tradicional não está cumplindo seu papel, está comprada. Desconfiamos que nada que possa afetar a credibilidade desse “governo” atual será divulgado com isenção. Porém, mesmo assim, a população esclarecida e honesta tem cada vez mais se levantado. E cada vez mais gente precisa se posicionar, por amor ao Brasil e às gerações que estão por vir. E isso não significa ações ilegais, isso significa participar de manifestações, expressar apoio político e até financeiro a entidades que tem colocado "a mão na massa".
     No próximo dia 10 de junho haverá uma manifestação em São Paulo, em frente ao MASP, serão seguidas de outras, o povo está acordando. O nome é longo,  sem medo de ser abrangente, veja:  MARCHA DA FAMÍLIA COM DEUS, em defesa da Vida, da Liberdade e da Democracia, contra o comunismo
Golpe Militar! Alguns dizem que o termo "golpe militar" na verdade não expressa o que alguns pensam que deveria ser realizado, um tipo de ação legal por ordem da justiça, baseado na constatação de que ha um grupo, que tem o poder em suas mãos, mas que tem agido contra a própria sociedade brasileira. A colocação então seria algo como "contra-golpe" ou "contra-revolução", realizada por ordem judicial.
Desde a semana passada temos publicado textos sobre a falência do nosso congresso e do próprio poder executivo. A analogia com Ali Baba e seus quarenta “auxiliares” certamente caiu bem quando se falou da presidência da republica e de seus 39 auxiliares. Barbosa na semana passada declarou que o congresso é praticamente inócuo, dominado pelo executivo. Ontem mesmo o presidente do Senado disse, em relação a redução das tarifas de energia, que o mesmo não pode existir simplesmente para endossar as decisões do executivo, declaração claramente feita em conseqüência da fala de Joaquim Barbosa.
Ainda esse mês o próprio congresso propunha uma “redução” de autoridade do STF. A comissão de constituição e justiça, da qual fazem parte alguns mensaleiros já condenados no STF, foi a autora da iniciativa, estranho não é?
   No congresso ha dezenas de parlamentares na condição de réus, alguns já condenados, como os mensaleiros. E mais de 100 constam como denunciados por haver indícios de que cometeram crimes. No nosso ponto de vista isso é inadmissível, a casa que supostamente representa a sociedade brasileira deveria dar o exemplo de honestidade. Talvez seja por isso que a população cada vez mais perceba o período em que os militares estavam no comando da administração pública como exemplo de higidez política e probidade administrativa.
   Ontem recebemos um e-mail informando da existência de um abaixo assinado pedindo a volta da “ditadura” militar. Não acreditamos que os comandos militares vão se manifestar quanto a isso, e muito menos “tomar” o poder, mas cremos que é uma ótima maneira de dizer o quanto estamos insatisfeitos com o quem tem sido feito de nosso país. Se um documento desse tipo tiver milhões de assinaturas certamente ganhará notoriedade mundial, e signifiativa perda de "status político" para o PT, que tem a cara daquele que se acha "o cara".
Recebemos centenas de manifestações sobre o assunto, veja em: http://www.facebook.com/SocMilitar

16 comentários:

pgd disse...

Que absurdo, respeite o ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIRETO!

Nuntius Populi disse...

vai chorar no colo da mamãe, petista safado

Anônimo disse...

Estou junto nessa !!!

Anônimo disse...

Não sou a favor do PT nem do PSDB, por enquanto sou apartidário, porque ainda não me simpatizei com nenhum partido. Mas não vai pro Partido Militar Brasileiro que eu vou me simpatizar!

Não vem com esse esse papo gente oportunista safada ai não. Não vem aproveitar a fraqueza do povo despolitizado com sede de mudança, pra oferecer soluções baratas, não! Pra falar a verdade, nem de problemas X solução vocês discutem nesse post, é só papo de gente oportunista safada com sede de poder!

Sai fora Militares! Vcs são bom na segurança e em algumas outras coisas, no máximo no Poder Judiciário vcs podem ter seus lugares, mas não se mete no Poder Executivo não, que não é o lugar de vocês!

Felipe brait disse...

A corrupção não é um problema de direita ou esquerda, é um problema cultural do Brasil. A ditadura militar era tão corrupta quanto o atual governo.

Anônimo disse...

vcs ja acabaram com o Brasil varias vezes - desde o golpe no Imperador Pedro II e as quarteladas ao longo da historia, a ultima em 1964, e o fechamneto do Congresso em 1968. Fora saida pelas portas dos fundos do Gen Figueiredo. Garanto que se formos atacados vamos perder a guerra pois ao invez de se preocuparem em cumprir o seu papel constitucional vcs querem se alvoroçar na politica..Meia Volta Volver !

Anônimo disse...

Um país não pode viver na desordem se autodestruindo, é irracional e sem sentido. Não interessa a nenhum homem ou mulher de bem viver em meio ao caos.
Lei e Ordem!

Anônimo disse...

Perfeito! A diminuição da corrupção não vai acabar com os outros inúmeros problemas (desigualdade social, educação, saúde, etc), talvez o contrário sim.

É com certeza um dos pontos estratégicos sobre os quais os Militares vão embasar suas soluções baratas para conquistar brasileiros desinformados. Outro ponto, obviamente, é a segurança.

Vamos espalhar isso! Vamos compartilhar na internet! Antes que eles comecem a nos reprimir até neste meio de comunicação!

By: Sou o autor do texto antes do seu.

Anônimo disse...

Para de assistir à Globo e ler Vea, e vai a um protesto ver o que está acontecendo! As pessoas que usaram violentas nos protestos ou foi pra se defender da PM ou foi uma parcela da população realmente pobre e desprivilegiada que aproveitou o momento e se foi expor sua raiva (e os demais manifestantes tentaram evitar seus atos violentos, sem sucesso).

Não sou a favor da destruição do patrimonio público e nem de violencia, mas essas pessoas estão esquecidas aos traços, fruto de um governo que não está sendo efetivo em reduzir a desigualdade social, eu entendo suas iras. Leia isso, entender https://www.facebook.com/photo.php?fbid=637847622910085&set=a.143466532348199.22136.100000545587536&type=1&theater

A solução é cada um de nós pesquisarmos e discutirmos sobre política cada vez mais. Fale a verdade, nós brasileiros não sabemos porra nenhuma de política, nunca pesquisamos a respeito, assistimos a uma ou duas proposta de um candidato e se for bem aceito popularmente, pronto! Já é o bastante pra votarmos nele... sempre assim.

Mas agora é hora de mudança, vamos aproveitar essa atual energia pra pesquisarmos a fundo, conhecer pessoas pra falar sobre política e procurar entender como tudo funciona de verdade, pra tomarmos decisões maduras nas eleições e nas cobranças em protestos.

A mudança deve ser cultural, deve ser por nossa parte, se não nos conscientizarmos, vamos continuar nesse ciclo de sempre: (1) vota e elege (2) fica insatisfeito (3) protesta (4) esquece ... volta pro (1).

Eu vou dizer, humildemente, fui ao meu primeiro protesto e apoiei o povo, eu era parte do povo. Depois, li vários artigos e depoimentos no facebook, de todos os tipo, e percebi o quão ignorante eu estava sendo.

Estava pensando que deveria cobrar da Dilma que certos políticos fossem presos, sendo que isso é caso para o Poder Judiciário (a Dilma reside no Poder Executivo), Eu estava endereçando meus protestos a Dilma quando exigi o fim o PEC, sendo que isso é prerrogativa do Congresso (parlamentares). Eu estava achando que a presidenta poderia fazer algo para caçar os deputados e senadores safados, mas isso é papel das casas legislativas.

Eu percebi que o papel do presidente não era garantir tudo o que eu queria. Mas eu aprendi que melhorias na educação e saúde (os maiores atuais problema do nosso país), deveriam ser cobrados para a Dilma, sim.

Por fim, percebi que sou um ignorante político, que estava sem rumo nos manifestos. E como diz o ditado, "pra barco sem rumo, até o inferno é destino". Então procurei me informar e fiquei ligado pra não cair nessa do nacionalismo estupidamente romantico e exagerado, nessa de militarismo.

Vou continuar pequisando e me informando!

Nem PSDB, nem PT, nem Partido Militar Brasileiro, nem comunismo é solução.

Solução são propostas concretas e objetivas para uma ampla reforma política brasileira que:
- reforce a democracia
- diminua a desigualdade social
- reestrure e invista mais na educação e na saúde
- diminua o salario dos politicos
- crie mecanismos efetivos anti-corrupção.

Estou a procura do político que me represente, ainda não encontrei..

Chega de ditadura de PT, e sai fora Militares!

Unknown disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Meu respeito aos Militares, em seus devidos lugares, longe do Poder Executivo!
Meia Volta Volver !

Anônimo disse...

Nem perdi meu tempo lendo você por inteiro, pois logo percebi que é um ignorante. Seu jargão não me diz nada, pois detesto a Globo manipuladora e nem tenho tempo pra mídia televisionada. Já você, pelo visto, é fã de carteirinha do BBB e qualquer movimento populista.
Gente como você está sendo levado por uma “ideologia” “anônima”, sem cara e covarde. Marionetes a serviço da destruição do país. Não pensam por si próprios, e por isso mesmo ouvem surda e cegamente a comandos do tipo, vão às ruas fotografar e filmar pra depois postar no face e youtube, “pra ver bombar na net”. Gente que não sabe votar e elege qualquer figurinha midiática, várias aliás.
Gente que está sendo empurrado às ruas, imbuídos de insatisfações legítimas, entretanto, para agir de maneira irracional e levar o país ao caos, não dando outra alternativa senão a intervenção militar, ou você acredita mesmo que é “invencível” e “nada vai parar”?
Não existe a mínima lógica a população se manter diuturnamente em confronto com a PM, cidadãos como nos, cujo trabalho é manter a ordem. Enquanto isso o país fica refém de destruição, e da criminalização, servindo de palco para o mundo como uma selva... é SÓ para isso que esse movimento está servindo.
Gente que no dia a dia vive de jeitinho brasileiro quer fazer uma reforma revolucionária em 24 horas... oras acorde! A ideia por trás da sua mente teleguiada é por a população em fúria e desgovernada. O triste é ver como estão sendo eficientes.
Ah, e vea é a pqp!

Anônimo disse...

que tal começar a honestidade de vcs pedindo a prisão de João Havelange e explicando pq collor, maluf e sarney foram cria dos milicos ?

Pablo Lee disse...

Reestabelecer a ordem é bem diferente de implantar uma ditadura. ...certamente não é boa idéia ficar 20 anos no poder. ... mas, sinceramente, ter um partido engolindo o Brasil, em parceria com tráfego de drogas, destruindo tudo o que há de brasileiro para colocar no lugar a estupidez politicamente correta destes Socialistas Globais (via imbecis úteis vermelhos) bem vale uma interferência militar. ...ficar aqui rezando pra bandido como Lula, Dilma, e seus atuais amiguinhos tipo Maluf, Collor, Sarney, e cia. tomarem vergonha na cara é que não dá!!!

Anônimo disse...

A "honestidade" dos militares. Escândalos da ditadura que não deram em nada: Caso Lutfalla, Escândalo da Mandioca, Escândalo Coroa Brastel, Escândalo das pedras preciosas do Abi Ackel, Escândalo da Capemi, Escândalo Baumgartner, Caso Halles, Caso BUC, Caso Econômico, Caso Eletrobrás, Caso UEB/Rio-Sul, Caso Lume, Caso Ipiranga, Caso Aurea, Caso Abdalla, Caso Atalla, Caso Delfin e o Caso TAA. TODOS IMPUNES !!!.

Anônimo disse...

E ainda tem este aqui - http://oglobo.globo.com/rio/procuradores-do-mp-militar-fazem-busca-apreensao-no-ime-3008232