8 de novembro de 2016

MATOU TRÊS MARGINAIS E foi PUNIDO com EXPULSÃO do UBER além das acusações de ferir direitos humanos e ...

Policial que MATOU 3 marginais é EXPULSO do UBER
O policial, que por causa dos baixos salários também trabalha como motorista do UBER, recebeu de uma mulher a chamada para transporte de passageiros , ao chegar ao local estavam os três marginais, que embarcaram no automóvel e determinaram que fosse a outro local apanhar mais uma passageira.
Quando o automóvel parou um dos marginais anunciou o assalto. O Policial esperou a oportunidade e reagiu, os três marginais morreram.
O policial vem sendo criticado por que deu um chute na cabeça de um dos marginais que estava já caído no chão e  polícia disse que vai apurar eventuais excessos.

De acordo com Ariel de Castro, membro do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana, “aparentemente houve um excesso do exercício de legítima defesa”. “A partir do momento que ele agride um que já estava rendido, caído no chão, e persegue outro que já tinha fugido, ele se excede na utilização dos meios necessários para se defender”.


Nessa segunda-feira o UBER anunciou que o policial não poderá mais dirigir para a empresa.

A nota do Uber foi: “Durante uma viagem solicitada por meio do aplicativo, a Uber proíbe o porte de armas de fogo de qualquer natureza a bordo do veículo, tanto para motoristas parceiros quanto para usuários. Qualquer pessoa que viole esta proibição perderá o acesso à plataforma da Uber”
Revista Sociedade Militar


Nenhum comentário: